vou sentir a vossa falta

Sinto-me perdida. Vejo toda a gente a crescer e a seguir caminhos traçados de uma maneira que nunca pensei que pudessem fazê-lo. Não sei como vai ser no fim deste ano letivo, afinal, não somos apenas mais uma "turma", éramos a Turma. Não me imagino a acordar de manhã, levantar-me e passar umas horas, umas manhãs, ou até dias inteiros sem ser convosco. Por mais que eu diga que vocês são uns parvos, que não gosto de vocês, tudo aquilo que sinto é puro amor e carinho. Os sentimentos que eu nutro por vocês são tão profundos e únicos. Não tive a mínima intenção de um dia magoar-vos, ofender-vos, ser mais ou menos rude. Não há ninguém que conheça todas as minhas facetas, todo o meu ser, a não ser vocês. Por vezes até me conhecem melhor do que a mim, e acreditam que tenho mais capicadades e mais aptidões do que eu própria acredito. Afinal, estamos juntos há mais de sete, oito anos... desde pequeninos que estamos juntos e eu já não imagino crescer sem um único sorriso, um único abraço ou simplesmente sem uma presença de algum de vós. São as pessoas mais fantásticas e maravilhosas que eu já tive oportunidade de conhecer, conhecer profundamente. E só de pensar que temos mais uns meses até cada um seguir o seu caminho, dá cabo de cada pedaçinho da minha alma. Vão-se tornar hrandes Homens e grandes Mulheres, ter uma vida fabulosa tal e qual como a merecem. Eu acredito nisso. Porquê? Porque eu vejo algo grande à vossa espera, talvez nalguns venha mais cedo do que em outros, mas vai acontecer. E eu, vou manter-me no meu mundinho, vou ver-vos felizes, e talvez, mas só talvez, consiga um dia fazer com que nos juntemos e relembremos tudo o que vivemos nestes anos. Nunca conseguirei esquecer como me receberam e como me ajudaram em tudo, desde ler, falar, escrever, ser feliz, amar, viver. É lamechas dizer isto, mas, tudo o que sou devo a vocês e estou grata por tudo, desde que entrei pelo portão da nossa escola primária, até à ao dia que sairemos juntos pelo portão da nossa miserável escola. Tudo valeu a pena, se pudesses fazer tudo de novo, faria, tudo exatamente igual, sem tirar nem pôr. Mantenham sempre a cabeça erguida e façam o que sabem melhor e o que gostam, vocês são bons a serem vocês próprios, talvez seja isso que vos faz serem tão especiais.
Despeço-me com um beijinho na ponta do nariz e um abraço. Espero ver-vos em breve.

3 comentários:

andré disse...

acho q é mlhr n ler, n quero ficar desiludido

Anónimo disse...

foi mesmo assim que acabou?

silver soul disse...

ainda bem.